Normas

Da Paraíba para o mundo, com amor:

Todo o material publicado nesta página representa o ponto de vista parcial e preconceituoso de um indivíduo do século passado. Se você achar aqui afirmativas que lhe pareçam sexistas, xenófobas, racistas ou, de qualquer outra maneira, ofensivas a seus pontos de vista, pare de ler imediatamente. Ou prossiga, a seu próprio risco. Ou não.

Use antes de agitar: leia as normas do blog e lembre-se: comentários são moderados. Anônimos não serão publicados.

E aproveite que eu sou professor: se você achar que eu posso ajudar, mande um e-mail para mrteeth@ghersel.com.br

quarta-feira, 19 de julho de 2006

10 mitos da Ortodontia 9

Convênios

No início, dá a impressão de que nós vamos ganhar dinheiro com os convênios, mas isso passa logo. O grande problema é que o convênio só é bom para a empresa que o administra. O cliente paga até mais do que pagaria por um tratamento particular, só que paga bem lentamente e quase não percebe. O profissional recebe muito menos do que receberia por um tratamento particular. Com quem fica a parte boa? Claro, com a administradora.

Aí é que entra a Uniodonto. Eu não sou cooperado, já fui e não sou mais, mas acredito que é o único convênio que não nos rouba, porque é uma cooperativa de Cirurgiões-Dentistas. Se a Uniodonto roubar seus cooperados, estará tirando dinheiro de um bolso para colocar em outro, ou seja, não vale a pena. O contrário também é verdadeiro, se você fraudar a cooperativa, estará fraudando seu próprio patrimônio. Então, se todos tiverem consciência de que esse caminho é válido, estamos conversados. O grande problema da cooperativa – e o grande motivo da minha briga com ela – é que não há restrição de especialidade. Eu, como ortodontista, tinha como concorrentes TODOS os outros cooperados, ou seja, qualquer CD pode fazer tratamento ortodôntico. Numa cooperativa de CD´s isso é uma pena, porque desestimula o estudo e a especialização do profissional: porque eu vou gastar tempo e dinheiro em uma especialização, se eu posso fazer o tratamento e receber tanto quanto um especialista?

Convênios particulares são os piores. Empresas como Pax, Associl e outras, acabam ganhando muito dinheiro com o nosso trabalho. Elas simplesmente fazem a ligação entre o cliente (que paga todo mês) e o profissional, que recebe pouco por seu trabalho. Ficam com a melhor parte, ou seja, a maior parte do dinheiro. Não é vantagem para o cliente ou para o profissional, esse tipo de convênio, inclusive porque os tratamentos mais caros e especializados, como próteses, implantes e tratamentos ortodônticos, normalmente não são cobertos. O cliente tem que pagar por fora, total ou parcialmente.

E tem o último tipo, que agora está virando moda: a administradora faz um contrato com uma associação ou sindicato qualquer, cadastra uma série de profissionais e oferece: o funcionário paga o profissional com um vale, o profissional no final do mês apresenta os vales e recebe à vista. Os valores são descontados em folha do funcionário. Para o profissional é ótimo, porque ele nunca vai ficar sem receber. Por outro lado, o cliente ganha um desconto, que ele negocia com o profissional diretamente. Ótimo, não é? Só que, para ser cadastrado, o profissional é obrigado a comprar um espaço no catálogo do convênio, que pode chegar a $1.200,00. Isso mesmo, mil e duzentos reais!

Ou seja: se você for fazer um convênio, pense muito bem e faça as contas direitinho.

4 comentários:

Demitri disse...

Ah com certeza e quando o convenio paga... Associl paga mal e atrasa em media 20 dias pra pagar isso é um lixo

Mr. Teeth disse...

Caro Demitri: normalmente os convênios ganham dinheiro com o nosso trabalho, nós não podemos deixar que isso aconteça.
Obrigado pela visita e volte sempre!

Paulo César disse...

Mr. Teeth, eu achava o mesmo da Uniodonto até o ano passado: mas te digo uma coisa - não existe sacana igual a dentista para explorar outro dentista. Estamos até com ação na Justiça contra a Uniodonto - aparelho grátis a custa de quem???
Parabés pelo Bolg

Wagner disse...

Esse último também é bucha. Agosto do ano passado fiz uma dessa, e estou esperando até agora o catálogo com a divulgação. R$500,00 à vista... Estou cobrando o valor mais indenização pelo desaforo na justiça.