Normas

Da Paraíba para o mundo, com amor:

Todo o material publicado nesta página representa o ponto de vista parcial e preconceituoso de um indivíduo do século passado. Se você achar aqui afirmativas que lhe pareçam sexistas, xenófobas, racistas ou, de qualquer outra maneira, ofensivas a seus pontos de vista, pare de ler imediatamente. Ou prossiga, a seu próprio risco. Ou não.

Use antes de agitar: leia as normas do blog e lembre-se: comentários são moderados. Anônimos não serão publicados.

E aproveite que eu sou professor: se você achar que eu posso ajudar, mande um e-mail para mrteeth@ghersel.com.br

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Feliz 2009, com considerações sobre a existência de um deus



Hoje leio, entre pasmo e maravilhado, texto do nem sempre admirado Reinaldo Azevedo.  Nem sempre admirado por mim, explico.  Porque o homem é meio radical nos seus posicionamentos, coisa que eu também sou e, só por isso, eu deveria admirá-lo.  Porque ele escreve em português impecável, coisa rara hoje em dia, onde eu (que prezo um texto bem escrito) confesso que cometo deslizes.  Mas eu nem sempre concordo com as opiniões dele e, aí eu não o admiro.  Mesmo com todas as qualidades eu não o admiro sempre.  Talvez seja uma ponta de inveja, sei lá...

Bom, mas o texto que eu li hoje chama-se "Duas ou três coisas que eu sei sobre Ele" e, só pra ter uma idéia da coisa, contém a frase:
"Se há um Deus, por que Ele não nos dá tudo aquilo que um mundo sem Deus nos sonega?"
Leia o texto.  Pra um ateu, à toa e sem-vergonha como eu, foi quase uma revelação.  Nunca eu tinha lido algo tão lúcido e preciso.  Continuo com as minhas convicções, mas ler algo que vá contra as minhas crenças e gostar é coisa rara pra mim.  Acho que pra todo mundo.  Então, se você não é crente, leia!  Se é, leia também, que vale a pena.

Um grande 2009 pra todos vocês, que me lêem esporadicamente, que este seja um ano de grandes realizações, de sonhos alcançados, de promessas cumpridas, de expectativas confirmadas (as boas, só as boas), de paz, saúde e alegria, porque o resto é só resultado disso.  Que as forças do universo - sejam lá quais forem elas, existam ou não - conspirem para que os homens sejam sensatos, para que haja compreensão entre irmãos, respeito aos semelhantes e à natureza e para que possamos viver em harmonia.

FELIZ ANO NOVO!


2 comentários:

franka disse...

nossa, dois mil e nove é muito, né? pensar que outro dia era 2000.
beijo e vamulá, mr teeth!

Camilo de Souza Cruz disse...

Mr. Teeth,

Dei falta da introdução musical, que de costume vc inicia seus “posts”. Desculpa ai, (o blog é seu, -hehehe-) mas acho que caberia esta do Chico.

”...quando um homem já está de partida, da curva da vida ele vê
Que o seu caminho não foi um caminho sozinho porque
Sabe que um homem vai fundo e vai fundo e vai fundo se for por você.
Moto-contínuo - Edu Lobo/Chico Buarque
http://www.chicobuarque.com.br/construcao/mestre.asp?pg=motocont_81.htm

Fui lá e li o artigo indicado, mas eu quero mesmo é agradecer seu último parágrafo, e retribuir. Meus votos a vc Mr. Teeth! São estes mesmo que escreveu. E eu sou daqueles que acredita e já experienciou a força Daquele que é a “forças do universo”.

E no texto do Tio Rei, destaquei para minha memória e compreensão estes pedacinhos,

...vê-se, sem dúvida, a dimensão trágica da liberdade: a escolha do Mal. E isso quer dizer, sim, a renúncia a Deus. Mas também se assiste à dramática renúncia ao homem. ... ...

Precisamos do Cristo não porque os homens se esquecem de ter fé, mas porque, com freqüência, eles abandonam a Razão e cedem ao horror.

É isto ai aquele abraço e façamos a nossa parte em 2009.

Camilo