Normas

Da Paraíba para o mundo, com amor:

Todo o material publicado nesta página representa o ponto de vista parcial e preconceituoso de um indivíduo do século passado. Se você achar aqui afirmativas que lhe pareçam sexistas, xenófobas, racistas ou, de qualquer outra maneira, ofensivas a seus pontos de vista, pare de ler imediatamente. Ou prossiga, a seu próprio risco. Ou não.

Use antes de agitar: leia as normas do blog e lembre-se: comentários são moderados. Anônimos não serão publicados.

E aproveite que eu sou professor: se você achar que eu posso ajudar, mande um e-mail para mrteeth@ghersel.com.br

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Ortodontia no SUS

E por sonhar o impossível, ai
Sonhei que tu me querias
Chico Buarque (Outros sonhos)

Leio hoje que a Sociedade (sic) Paulista de Ortodontia pretende reivindicar a inclusão da Ortodontia no SUS e, para isso, vai realizar um simpósio durante o 16º Congresso Brasileiro de Ortodontia, em São Paulo. Este ano vai ser difícil ir ao congresso, mas eu vou tentar, porque isso é uma tradição de muitos anos, eu nunca perco esse congresso. Mas esse simpósio eu achei meio estranho...

Por experiência clínica, eu sei que o paciente ortodôntico é difícil. Pagando as mensalidades do tratamento ele já falta, esquece das consultas, colabora pouco. É raro um paciente que realmente leva a sério o tratamento, principalmente depois do primeiro semestre. No começo tudo vai bem, mas depois o paciente relaxa e deixa de colaborar. Os que melhor colaboram são adultos, que pagam o próprio tratamento e sabem o quanto dói tirar dinheiro do bolso. Também têm consciência de que o tratamento é necessário e que trará benefícios. Crianças e adolescentes não vêem por esse ângulo, acham, normalmente, que fazer o tratamento é um favor para os pais ou para o Ortodontista.

Sendo assim, como é que um profissional do SUS vai convencer um moleque a ir ao posto fazer a manutenção?!?

3 comentários:

Corazza disse...

Mr. Teeth, cheguei ao seu blog caçando uma letra de música do Adoniran no São Google, mas achei bem mais do que queria. Gostei muito dos textos.

Abração

glaucioortodontista disse...

Concordo totalmente. Eles - os pacientes - não darão valor para o tratamento. Sou contra.

Carla disse...

A ortodontia, é exclusiva... não é popular. Mto bem colocado o argumento sobre adolescentes... Dá uma dor no coração só de pensar nessa possível banalização...