Normas

Da Paraíba para o mundo, com amor:

Todo o material publicado nesta página representa o ponto de vista parcial e preconceituoso de um indivíduo do século passado. Se você achar aqui afirmativas que lhe pareçam sexistas, xenófobas, racistas ou, de qualquer outra maneira, ofensivas a seus pontos de vista, pare de ler imediatamente. Ou prossiga, a seu próprio risco. Ou não.

Use antes de agitar: leia as normas do blog e lembre-se: comentários são moderados. Anônimos não serão publicados.

E aproveite que eu sou professor: se você achar que eu posso ajudar, mande um e-mail para mrteeth@ghersel.com.br

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Franquias 2 - atualizado

Não é novidade pra ninguém que eu sou radicalmente contra franquias, estratégias de marketing (brrrr...) e outros truques que alguns 'colegas' usam pra aumentar seus ganhos no consultório, ao invés de estudar e se aperfeiçoar.

Mas, pra ninguém dizer que eu sou 'inflexível' e não aceito opiniões diferentes da minha, aqui está o testemunho do Fernando, que não deixou e-mail (infelizmente), mas foi educado e escreveu de forma clara e concisa. Assim eu gosto de discutir, com pessoas que têm argumentos lógicos, como esse colega, que conta a sua história de sucesso com uma franquia. Quem me dera todas fossem assim, ele conseguiu uma façanha, espero que continue assim. Parabéns, Fernando, tomei a liberdade de publicar seu comentário aqui.


Olá Mr. Teeth, Acho válido seu comentário, mas vou dar meu testemunho.
Sou ortodontista, sai do meu curso de especialização, fiquei 4 anos no mercado, não conseguia dinheiro para pagar minhas contas básicas mensais.
Arrisquei o único dinheiro que tinha numa franquia odontológica, achava que o milagre era muito grande, mas me surpreendi.
Tive um treinamento excelente na área de gestão de um negócio, desde a parte da limpeza de uma clínica até o pós tratamento de um paciente. Hoje tenho um negócio, e não apenas um consultório nos moldes antigos. Tenho um faturamento bruto de mais de R$70.000,00 mensais, comando uma equipe muito bem treinada, numa clníca linda e de renome nacional. E nunca me imaginei numa posição dessas, pena que não descobri esse negócio antes.
Não estou aqui para fazer propaganda de nenhuma franqueadora, por isso não vou colocar o nome dela aqui, apenas escrevo para relatar minha experiência com esse novo formato de odontologia. E indico para os interessados, pois foi um negócio que mudou minha vida.
E ainda vou dizer mais, sabe aquele caso ortodôntico que vc fica inseguro na hora de planejar? Na rede que faço parte, não existe erro em plano de tratamento, temos uma rede grande de ortodontistas que se ajudam para resolver da melhor forma cada caso.

4 comentários:

Koni disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
CAMILO disse...

Mr Teeth- bom que vc voltou a postar
O mundo gira... coisas mudam...
Milhares de cirurgiões dentistas são lançados ao mercado de trabalho anualmente; todos ansiosos e angustiados – cada um com seu coração, não diferente do nosso, bate: -“quero ser um profissional de sucesso”— Estes milhares são pulverizados, nas diversas, oportunidades que a odontologia acessa.
Passado, anos, todos com uma história pra contar. Uns com possibilidades de contar, outros nem contam. Uns fazem sucesso, destacam-se, outros desistiram, muito outros estão pelejando, os atirados gerenciando, outros lecionando, diversos enganando, outros enganados, alguns franqueando, poucos franqueadores, maioria sobrevivendo e com muita dignidade. Importante estarmos cientes e preparados que nossa responsabilidade será sempre cobrada.(isto lembra até o novo testamento onde em Lucas 12,48,diz “A quem muito é dado muito será cobrado”
Um Abraço
Camilo
camilodenise@hotmail.com

Anônimo disse...

Conversa de marketeiro.

Já tive oportunidade de responder a um artigo no jornal da ABO sobre franquias.

No artigo o autor colocava a questão da mesma forma e a única solução possível era a tal da franquia.

Ora se a solução é a gestão e modelo de negócio, então copiemos isso e introduzamos nos nossos consultórios e já está.

Se vc cobra uma ninharia para fazer orto e não ganha nada, como vai fazer isso numa franquia e ainda ter dinheiro para pagar os Royalties ??? Balela !

Os pacientes não caem dos céus.

No relato do suposto colega, a única coisa que ele melhorou foi seu desempenho comercial e não técnico. Isso é insano !

Ora, eu me ponho a pensar, ele não sabia vender seu trabalho ???

Lamento, mas não vou em conversa de marketeiro, 70k é muito dinheiro para alguém que antes mal pagava as contas. Afinal como ele fez para conseguir o dindin para pagar os direitos no 1º ano, o mais difícil da franquia ?

Histórias da carochinha, vai é mais contar pra outro.

Observador disse...

Concordo com o comentário anterior. A franquia vai fazer você melhorar a gestão do negócio, coisa que nenhum Cirurgião-Dentista(ou qualquer outro profissional da saúde) não sabe fazer. A franquia não vai melhorar a parte técnica do consultório/clínica. Como captar novos clientes? Investindo em propaganda para as massas. Basta você fazer propagandas como a franquia faz... Assim você fica com o bônus pra si mesmo e não pra franqueadora.